EL DÍA…!

DEVOCIONAL

Todos los años surge la misma cuestión: Cuando nació Jesús?

Lo cierto es que conmemoramos su Glorioso Nacimiento, según una antigua convención de la iglesia católica para “cristianizar” la celebración pagana del solsticio de invierno.

Tiene alguna importancia determinar el día exacto?

Ninguna.

Sencillamente porque lo sustancial es el cumplimiento de la profecía, que en la humilde Belén, nacería el niño que cambiaría la historia de la humanidad.

Todo lo demás, no es otra cosa que una distracción innecesaria, acerca de lo que verdaderamente es importante.

Como siempre ocurre, nos perdemos en la espuma de lo fantasioso y así perdemos la perspectiva de lo que significativo y relevante.

Dios hecho Hombre, nos dejó el Mensaje de Salvación, que es motivo fundamental de su presencia en los parajes de la Tierra Prometida a Abraham.

De su Pueblo y en su Pueblo nació Jesús, posiblemente un día de comienzo del otoño en Oriente y que con toda alegría conmemoramos este mes.

Mateo 1:20-21

Y pensando él en esto, he aquí un ángel del Señor le apareció en sueños y le dijo: José, hijo de David, no temas recibir a María tu mujer, porque lo que en ella es engendrado, del Espíritu Santo es.

Y dará a luz un hijo, y llamarás su nombre JESÚS,  porque él salvará a su pueblo de sus pecados.

Mateus 1:20-21

 E, projetando ele isso, eis que, em sonho, lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo.

E ela dará à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.

Diego Acosta / Neide Ferreira

www.septimomilenio.com

EPÍSTOLA AOS ROMANOS / PT / 3

 

ROMANOS 1:3

Acerca de seu Filho,

que nasceu da descendência de Davi segundo a carne,

Jesus: historiadores conhecidos confirmaram a existência real do Filho do Homem e inclusive os próprios judeus o identificaram como o filho de José o carpinteiro de Nazaré.

Linhagem de Davi: Maria descendia do Rei e o fato de ter nascido de mulher fecundada pelo Espirito Santo, o convertia em outro ser humano, mas perfeito porque também era Deus. Também poderia assumir a condição de Sumo-Sacerdote.

Diego Acosta

www.septimomilenio.com

CAMBIO

Estar dispuestos siempre a aceptar las decisiones del Altísimo, revela el nivel de obediencia que mantenemos hacia ÉL.

David, fue el hombre que sacó a Israel a la guerra y el que las volvió de ellas, pero Jehová le había asignado una nueva misión.

Ya no era la guerra, ni comenzarla ni terminarla, sino absolutamente todo lo contrario. Ahora debía apacentar al pueblo de Israel.

Asumiendo este notable ejemplo de aceptación al mandato del Eterno, cada día debemos estar dispuestos a cambios radicales.

Aunque esos cambios nos hagan actuar de una forma diferente a como lo veníamos haciendo y a como había sido nuestra vida anterior.

Hoy, también acepto el cambio que Dios me propone, sabiendo que no solo es su Voluntad Soberana, sino también lo mejor para mi vida y la de quienes me rodean.

1 Crônicas 11:1-2

Então, todo o Israel se ajuntou a Davi em Hebrom, dizendo: Eis que somos teus ossos e tua carne.

E também já dantes, sendo Saul ainda rei, eras tu o que fazias sair e entrar a Israel; também o Senhor, teu Deus, te disse: Tu apascentarás o meu povo de Israel e tu serás chefe sobre o meu povo de Israel.

1 Crónicas 11:1-2

Entonces todo Israel se juntó a David en Hebrón, diciendo: He aquí nosotros somos tu hueso y tu carne. 

También antes de ahora, mientras Saúl reinaba, tú eras quien sacaba a la guerra a Israel, y lo volvía a traer. También Jehová tu Dios te ha dicho: Tú apacentarás a mi pueblo Israel, y tú serás príncipe sobre Israel mi pueblo.

Diego Acosta / Neide Ferreira

www.septimomilenio.com

A BÍBLIA – Salmo 122

Orar pela paz de Jerusalém era o desejo de Davi e também deve ser o nosso!

1 Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor!

Os nossos pés estão dentro das tuas portas, ó Jerusalém.

Jerusalém está edificada como uma cidade bem sólida,

aonde sobem as tribos, as tribos do Senhor, como testemunho de Israel, para darem

graças ao nome do Senhor,

pois ali estão os tronos do juízo, os tronos da casa de Davi.

Orai pela paz de Jerusalém! Prosperarão aqueles que te amam.

Haja paz dentro de teus muros e prosperidade dentro dos teus palácios.

Por causa dos meus irmãos e amigos, direi: haja paz em ti!

Por causa da Casa do Senhor, nosso Deus, buscarei o teu bem.

www.septimomilenio.com

CONFIANÇA NA SEGURANÇA

CONGREGAÇÃO

SÉTIMO MILÊNIO

“Se Ele não nos tivesse disciplinado deste modo, poderíamos ter ficado excessivamente seguros”

Dizia eu na minha prosperidade: jamais serei abalado.” (Salmos 30.6)

Como sempre falo, tenho 5 filhas, 3 delas têm a idade aproximada e as outras 2 diferentes idades, a saber, 38, 37 e 35 – 21 e 18.

Mas para mim todas elas são minhas “filhinhas pequenas”. Se tem uma coisa que me alegra é quando elas me perguntam e pedem conselho sobre suas decisões, me sinto participante de suas vidas e porque, apesar de serem quase todas independentes, ainda continuamos ligadas.

Lendo hoje pela manhã essa meditação pensei que Deus quer que sejamos assim: dependentes deles integralmente, totalmente jogados em Seus braços, mas nós relutamos e queremos “andar pelas nossas próprias pernas”, e como mãe posso dizer o difícil que é pensar que minhas filhas não precisam de mim.

Deus não precisa de nós! Mas Ele nos amou de tal maneira (João 3:16) que não podemos ficar longe desse Amor. Ele nos atraiu de tal forma e nos agarrou com esse Amor que é impossível viver longe dele.

Quando minhas filhas eram pequenas, e às vezes depois de grandes também, sempre as corrigia e chamava a atenção quando faziam algo indevido, não por qualquer problema que poderiam me causar, mas sim, porque elas precisavam aprender a ser melhores pessoas, terem os pés firmes, saber onde ir com segurança, conhecer o caminho por onde andar.

Hoje, depois de tanto tempo, elas conseguem ver que, como diz Davi: “foi-me bom ter sido afligido” (Salmos 119:71) – porque elas têm segurança de onde andam, não estão inseguras nem amedrontadas, ao contrário, são pessoas de valor e corajosas.

Deus nos trata assim, nos ensina, nos corrige, mostra que não podemos confiar na nossa estultícia, mas sim nos Seus ensinamentos, na Sua palavra, no Seu caminho. “Se não tivesse sido disciplinado..” se não tivesse passado pelo vale da sombra da morte, não teria visto Tua mão comigo, não teria visto Tua luz iluminar o caminho, não teria….quanta coisa não conheceria e viveria na incerteza do meu orgulho, da minha confiança em um braço frágil que pode esmorecer e se cansar facilmente, não teria conhecido Tua fortaleza.

“Entrega teu caminho ao Senhor, confia nEle de todo teu coração”

Não tenha medo de andar nessa dependência que muitos falam que é insegurança e fragilidade. Ao contrário de tudo isso, é preciso muita coragem para se entregar a esse Amor, viver por Fé (certeza daquilo que não se vê, mas sabe que está), confiança no Socorro e saber que: Se Deus é por nós, quem será contra nós? (Leia Romanos 8 – 31 a 39)

Ande nessa confiança e não na tua própria segurança!

Elié Ferreira

www.septimomilenio.com